Dúvidas frequentes sobre implantes

Dúvidas frequentes sobre implantes
Dúvidas frequentes sobre implantes

Esclareça todas as suas dúvidas sobre implantes

  • A cirurgia para colocação de implantes dentários dói?

A cirurgia de implante, de modo geral não dói. A única parte que poderia doer é a gengiva, que estará anestesiada. Já o osso em que é feito o furo tem pouquíssimas inervações, então o paciente não sentirá dor. Mesmo assim, alguns odontologistas costumam indicar uma injeção de um anti-inflamatório potente duas horas antes da cirurgia, um analgésico para tomar apenas em caso de dor após o procedimento, um anti-inflamatório em comprimido para tomar após a cirurgia e antibiótico.

  • Ocorre rejeição nos implantes dentários?

Não, não existe rejeição dos implantes pelo organismo. Os implantes são feitos de titânio e esse material é inerente ao osso. Isso quer dizer que o organismo não percebe que algo foi colocado e por isso tenta fechar o furo feito pela broca para a colocação do implante. Quando o osso preenche esse orifício, ele trava o implante e isso é o que chamamos de osseointegração. Podem ocorrer problemas no pós-operatório devido a falhas na cirurgia, no pós-operatório, pela qualidade do osso e até por não seguir as recomendações dadas pelo dentista, mas não por rejeição.

  • Os implantes importados são melhores que os nacionais?

Essa é uma das perguntas mais comuns em consultório. O melhor implante que existe, é o implante que dá certo, seja ele nacional ou importado.

Existem ótimos implantes nacionais e ótimos importados, assim como existem implantes importados que são péssimos e nacionais que também são. Todos os implantes são de titânio e todas as empresas são avaliadas e recebem uma licença para comercialização, isso deveria nos garantir a qualidade de todos.

Existe uma infinidade de marcas comerciais, nacionais e importadas e dentro de cada marca comercial uma grande variedade de tipos de implantes e superfícies desses implantes, cada uma com a sua indicação. O mais importante é o profissional ter experiência para saber qual o tipo de implante e superfície mais indicado para o seu caso e qual a marca comercial (ou marcas) que ele está mais acostumado e tenha mais confiança para trabalhar.

É desejável que o profissional explique ao paciente, qual marca de implante irá utilizar, se nacional ou importado, o tipo a superfície e o motivo da escolha. Isso deixa o paciente mais seguro, ciente do motivo da escolha.

 

Fonte: minhavida.com

Adicionar Comentário